Coaching ou Psicoterapia?

16/01/19

Olá pessoas! Tudo bem com vocês?

Eu sou a Marina, sou psicóloga e atuo na área organizacional, não atendo na área clínica, isso significa que não atuo com a psicoterapia. Eu também sou Coach, com foco exclusivo em desenvolvimento profissional.

E quero falar um pouquinho sobre esses dois processos, o de coaching e o de psicoterapia. Para facilitar, neste texto falarei mais da psicoterapia e em um próximo sobre o coaching.

 E por que vou falar sobre psicoterapia se não trabalho com ela? É porque na minha prática como Coach, eu me deparo com muitas pessoas que buscam um processo de coaching por receio de buscar a psicoterapia, às vezes, por não terem clareza da diferença, ou dos benefícios de um e outro. E fazer coaching quando na verdade precisamos de psicoterapia é um erro!

A questão é que é fazer coaching é considerado legal, enquanto que fazer psicoterapia em muitos casos ainda é visto com a lente do preconceito. Pois ainda há um estigma de que psicólogo é para louco, ou para quem está doente ou precisa “se tratar”. Por muito tempo foi assim! Mas acredite, não é mais!

A psicologia continuou evoluindo como ciência e como profissão. Hoje atua também no que chamamos de potencialização, ou seja, ninguém precisa estar doente para buscar uma psicoterapia, pois este é um processo de autoconhecimento e de descoberta de talentos e, certamente, irá potencializar o que já é bom no ser humano! 

É verdade que a psicoterapia também pode e deve cuidar daquilo que não está legal. E que bom que pode!

Se no geral não temos vergonha ou receio de dizer que fomos consultar um médico, também não deveríamos ter de dizer que estamos cuidando das nossas emoções. Pois fazer isso demonstra que nos preocupamos com nosso bem estar e que queremos permanecer saudáveis.

Afinal não fazemos exercícios físicos para manter a saúde e prevenir que algumas enfermidades físicas tenham mais chances de nos surpreender? E por acaso não estudamos para manter o cérebro ativo e a mente em funcionamento?

Então gente!!!

Podemos fazer psicoterapia para...

  1.          Melhorar o que não está legal;
  2.         Manter o que está bom;
  3.           E para aprender novas habilidades sociais e emocionais.

Aliás, vocês sabem que a inteligência emocional está aí, sendo super valorizada no mundo corporativo. E a psicoterapia também está aí, para tudo isso.

Então se você tem muitas perguntas sobre si mesmo, do tipo: por que será que sou assim? Por que não fiz aquilo? Por que sinto isso? Por que não consigo avançar nessa parte da minha vida? Por que sempre cometo o mesmo erro?

A psicoterapia pode ser o processo mais certo para você! Porque o coaching não busca os porquês... e eu vou falar mais dele no próximo texto para você entender!

Enquanto isso vai pensando a respeito e pode me enviar suas dúvidas sobre o processo de psicoterapia, eu as responderei com prazer, e também, posso indicar excelentes profissionais caso você tenha interesse em ingressar em uma jornada de autoconhecimento.

Fiquem bem!

 

Marina Pozzer

Psicóloga | Coach de Carreira e Liderança

Sócia Diretora na Virtude Consultoria.

Atua no desenvolvimento de pessoas e organizações, como facilitadora e consultora.

Tem como missão contribuir para tornar as pessoas o melhor que podem ser e auxiliar as empresas a serem saudáveis.

marina@virtudedesenvolvimento.com